quarta-feira, fevereiro 21, 2007

Há tempo para tudo


Há um tempo certo para cada propósito debaixo do céu:
tempo de nascer e tempo de morrer,
tempo de plantar e tempo para colher o que se plantou,
tempo de matar e tempo de curar,
tempo de derrubar e tempo de construir,
tempo de chorar e tempo de rir,
tempo de prantear e tempo de dançar,
tempo de espalhar pedras e tempo de juntá-las,
tempo de abraçar e tempo de se conter,
tempo de procurar e tempo de desistir,
tempo de guardar e tempo de jogar fora,
tempo de rasgar e tempo de costurar,
tempo de calar e tempo de falar,
tempo de amar e tempo de odiar,
tempo de guerrear e tempo de viver em paz.
O que ganha o trabalhador com todo o seu esforço? Tenho visto o fardo que Deus impôs ao homem. Ele fez tudo aquilo ao seu tempo. Também pôs no coração do homem o anseio pela eternidade; mesmo assim ele não consegue compreender inteiramente o que Deus fez. Descobri que não há nada melhor para o homem do que ser feliz e praticar o bem enquanto vive. Descobri também que poder comer, beber e ser recompensado pelo seu trabalho é um presente de Deus. Sei que tudo o que Deus faz permanecerá para sempre; a isso nada se pode acrescentar, e disso nada se pode tirar. Deus assim faz para que os homens o temam.
Aquilo que é, já foi, e o que será, já foi anteriormente; Deus investigará o passado. Descobri também que debaixo do sol: No lugar da justiça havia impiedade, no lugar da retidão, ainda mais impiedade.
Fiquei pensando: O justo e o ímpio, Deus julgará ambos, pois há um tempo para todo propósito, um tempo para tudo o que acontece.
Também pensei: Deus prova os homens para que vejam que são como os animais. O destino do homem é o mesmo do animal; o mesmo destino os aguarda. Assim como morre um, também morre o outro. Todos têm o mesmo fôlego de vida; o homem não tem vantagem alguma sobre o animal. Nada faz sentido! Todos vão para o mesmo lugar; vieram todos do pó, e ao pó todos retornarão. Quem pode dizer se o fôlego do homem sobe às alturas e se o fôlego do animal desce para a terra?
Por isso concluí que não há nada melhor para o homem do que desfrutar do seu trabalho, porque esta é a sua recompensa. Pois, quem poderá fazê-lo ver o que acontecerá depois de morto?
(O texto acima está na Bíblia, mais precisamente, no livro de Eclesiastes (ou O Pregador) capítulo 3)

4 comentários:

Elisheba disse...

Onde está escrito que o homem nao difere do animal???Que ambos vao para o mesmo lugar?

Eu, e vc e mais ninguém... disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Eu, e vc e mais ninguém... disse...

Quando ele diz que "somos como os animais que vamos para o mesmo lugar." ele quiz dizer que, assim como viemos do pó ao pó retornaremos, assim tbm são os animais... (ex: adão, foi feito do barro, quando morreu voltou para a terra de onde veio, se disfez nela, voltou a ser cinza, barro.) certo....( para: ELISHEBA)

irmao amaro disse...

amro diz:
meu irmaõ, você esta totalmente
errado! aceita Jesus que Ele te da sabedoria do céu.
.. TODA CARNE VEIO DO PÓ(TERRA),E TODA CAAAARNEEE!VOLTARA PARA A TERRA.
MÁS O ESPIRITO VEM DE DEUS E VOLTARÁ
PARA DEUS.
DEUS É "TRINCADE"= PAI,FILHO,ESPIRITO SANTO.
ELE CRIOU O HOMEM À SUA IMAGEM E SEMELHANÇA.=
CORPO(CARNE), ALMA, ESPIRITO.
O ANIMAL NAÕ TEM ESPIRITO (SANTO),
SOMENTE ALMA, QUE SAÕ OS SEUS ESTINTOS. POR ISSO NÃO EXITEM CÉU PARA OS ANIMAIS. SOMENTE PARA OS HUMANOS QUE TEM O ESPIRITO DE DEUS.