quinta-feira, abril 05, 2007

Sobre a reportagem

Estou escrevendo uma reportagem para a Revista Enfoque Gospel sobre a influência da TV na propagação da fé entre os evangélicos. Inicialmente, a reportagem tem um título provisório de Crentes de TV, mas deve ser mudado. Para produzir meu texto, estou buscando depoimentos de pessoas que se dizem telespectadoras fiéis de programas evangélicos que são difundidos por várias TV do pais. Pretendo mostrar como utilizam as mensagens desses programas (Ex: RR Soares, Silas Malafaia, Igreja Mundial da Fé, IURD, Joyce Méier), para fortalecer a crença em Jesus Cristo. Também pretendo contar a história de irmãos que deixam de ir à igreja e se sentem fortalecidos apenas com essa forma de pregação moderna que é difundida, além da TV, por DVD, louvores e gravações. Será que são ovelhas sem pastor? Por que esse crescimento? Será a violência das cidades que impede as pessoas irem às igrejas ? Comodidade? Ou o que encontram nestes programas são mais vantajosos, ou melhor, preenchem suas expectativas do que participar de cultos?
Se você é uma das pessoas que contatei via orkut e gostaria de participar desta matéria, eu peso que deixe uma forma para encontra-lo, nos comentários, logo à baixo, que eu entrarei em contato o mais rápido possível. Desde já Deus o abençoe.

3 comentários:

JOSE RICARDO disse...

Irmão, você entrou em contato comigo via Orkut. Estou deixando o meu e-mail, para que você, caso queira, me escreva.

jrfnetto@gmail.com

Graça e Paz.

José Ricardo Ferreira Netto

O ANTAGONISTA disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
O ANTAGONISTA disse...

Caro Mal Educado amigo,

Quando for comentar no blog dos outros, seja educado. Se você não concorda com o que está escrito lá, esponha seus argumentos(se tiver algum), mas não use palavras de baixo nível que você deve estar acostumado a usar em casa.

Faça o favor de passar londe dos meus blogs e de tudo que escrevo, pois o faço para pessoas inteligentes, de bom nível cultural, boa educação e senso crítico aguçado, e não para pessoas como você.